Com maior panelão do Centro-Oeste, Queima do Alho fecha com chave de ouro comemorações do aniversário de 39 anos de Costa Rica

Festa foi realizada domingo na sede do Clube de Laço 3 Divisas

por: Redação/Fotos: Michael Dias - 13/05/2019 17:40

Com maior panelão do Centro-Oeste, Queima do Alho fecha com chave de ouro comemorações do aniversário de 39 anos de Costa Rica

Festa foi realizada domingo na sede do Clube de Laço 3 Divisas

As atividades em alusão ao aniversário de 39 anos de emancipação do município de Costa Rica foram fechadas neste domingo (12), data oficial de comemoração, com a tradicional festa da Queima do Alho, realizada no Clube de Laço 3 Divisas. Representantes de comitivas de diversos estados entraram na disputa pelos melhores pratos de arroz carreteiro, feijão tropeiro e paçoca de carne. Moradores de Costa Rica honraram a tradição e ficaram entre os primeiros colocados.

Uma das principais atrações, além dos shows de Gersão, ex-grupo Tradição, e da dupla Alê & Oziel, foi o carreteiro para aproximadamente 1.500 pessoas preparado no maior panelão do Centro-Oeste, pela Equipe Panelão da Portela, da cidade de Portelândia (GO). A refeição levou cerca de 10 horas para ficar pronta, contando com 70 quilos de arroz e ingredientes, além de 100 quilos de carne, 20 quilos de linguiça e 15 quilos de feijão.

Segundo o prefeito Waldeli dos Santos Rosa, o objetivo foi resgatar a história do município, que está atrelada à cultura da região Centro-Oeste do Brasil. “Nosso Centro-Oeste cresceu a partir do gado. O boi produzido aqui era levado para São Paulo, pelas comitivas. Então resgatar o carreteiro é lembrar da tradição que tinha daquela época. Muitas pessoas que estão aqui hoje não tiveram convívio direto com isso, mas estão aqui revivendo a história do pai, do avô, do bisavô. Estamos aqui com 39 anos de emancipação, mas Costa Rica tem mais de 100 anos, com desbravadores e fundadores, então temos que deixar na memória das pessoas aqueles que abriram as primeiras estradas, que construíram a primeira ponte e que participaram das comitivas”, destacou.

A subsecretária municipal de administração, Liliane Campos, agradeceu a todos os envolvidos que se empenharam na realização da festa. “Quero agradecer a todos os presentes, pois estamos fechando os 39 anos de Costa Rica com essa grande festa para a população, uma população que entende os objetivos do município. Essa festa veio com essa novidade, que é o maior panelão do Centro-Oeste, para que outras equipes se inspirem. Também desejo parabéns a todas as mães e gostaria de agradecer a equipe que trabalhou muito para que este fosse possível”. 

O agricultor goiano Victor, de Portelândia, é um dos responsáveis pelo panelão. Ele não tem certeza de que é o maior do país, mas garante ainda não ter visto outro igual até hoje. “A história desse panelão começou com uma festa em Portelândia. No Rio Grande do Sul tem uma panela parecida, então nós copiamos e passamos a usar em nossa festa para alimentar os participantes. Então os prefeitos e deputados viram e começaram a valorizar essa tradição. Já visitamos mais de 140 cidades e nunca vimos outra panela maior. Estamos participando aqui hoje com muito prazer”, destacou.

O cozinheiro Roxão, da equipe Terra Roxa de Costa Rica, foi campeão na categoria Prata da Casa e vice-campeão na categoria Livre Regional, que teve a presença de competidores de Goiás e São Paulo. Há 30 anos cozinhando, ele já trabalhou “puxando” gado para o prefeito Waldeli e disse estar contente com o resultado. “Gosto de vim participar, não tenho muita vontade em ganhar, mas gosto de estar aqui com os colegas e amigos, e fico muito feliz com isso”, disse ele, que serviu feijão tropeiro, paçoca, arroz carreteiro e feijão.

Por sua vez, Aparecido José de Oliveira, o Betão, de Riolândia (SP), viajou 490 quilômetros até Costa Rica para conquistar mais um prêmio. Esta é a terceira vez que participa da Queima do Alho e foi bicampeão. “A festa está crescendo e estamos aqui para resgatarmos a tradição das comitivas. A gente vem participando faz mais de 10 anos, também estivemos em finais em Barretos (SP) e sempre estamos em eventos em Minas Gerais e Goiás”, lembrou ele, que serviu arroz com carne, feijão gordo e paçoca batida. “É a comida principal do estradeiro”.

As comitivas ficaram acomodadas em vários stands montados no local. Além da Queima, também houve competição do Laço Comprido organizada pelo Clube do Laço entre sexta-feira e domingo. No domingo à tarde ainda houve baile carapé.

O prefeito Waldeli homenageou a professora Ivonete Carvalho, de 74 anos, como a mãe mais idosa do evento. Ela recebeu um buquê de flor.

Resultados 

Pratas Casa - Costa Rica

1° Lugar- Comitiva Terra Roxa(Roxão ) -  R$ 1000

2° Lugar - Comitiva Quebra Torto - R$ 500

Categoria Regional

1° Lugar - Comitiva Devotos do Tião Carreiro (Riolândia/SP) -  R$ 2 mil

2° Lugar - Comitiva Terra Roxa(Costa Rica) - R$ 1.500

3° Lugar - Comitiva Quebra Torto(Costa Rica) -  R$ 1 mil

4° Lugar - Comitiva Mágoa de Boiadeiro (Meridiano -SP)

5° Lugar -  Comitiva Olhos de Águia (Hidrolândia - GO) 

6° Lugar - Comitiva Guardiões dos Gigantes (Caiapônia - GO)

7° Lugar - Equipe Prado - Medalha

Abaixo Galeria de Fotos do Evento:

Fonte: MS TODO DIA

Fazer download da imagem

Mais Recentes







Leia também

Dúvidas ou sugestões? Nos escreva!






contato

Rua: Ceará, 258 - Sonho Meu III, Costa Rica - MS, 79550-000



NOS ACOMPANHE NAS MIDIAS SOCIAIS