Campo Grande e Alcinópolis recebem a vitrine tecnológica sobre bovinocultura de corte

Especialistas apresentam alternativas para pecuária de corte de alta produtividade, baixo custo e mais sustentabilidade

por: MS Todo Dia - 20/03/2019 13:10

Campo Grande e Alcinópolis recebem a vitrine tecnológica sobre bovinocultura de corte

Especialistas apresentam alternativas para pecuária de corte de alta produtividade, baixo custo e mais sustentabilidade

Os produtores rurais de Alcinópolis, distante 350 quilômetros da Capital, e de Campo Grande participaram nos dias 16 e 19 de março, respectivamente, da Vitrine Mais Inovação, iniciativa do Senar/MS – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural. O encontro levou experiências propostas pela Assistência Técnica e Gerencial que deram certo para a pecuária sul-mato-grossense. O evento abordou diferentes temas voltados à pecuária de corte que vão da cria a terminação.

Em todo o estado são 256 produtores rurais atendidos pelo programa. “É preciso pensar um jeito eficiente de produzir, buscar informações é primordial. É desta forma que a assistência técnica e gerencial atua junto ao produtor, levando conhecimento sobre recuperação de áreas degradadas, difundindo ainda mais informações sobre a gestão e a nutrição animal com o objetivo único de aumentar a competitividade dentro e fora da propriedade”, ressalta o coordenador do Departamento de Assistência Técnica e Gerencial do Senar/MS, Nivaldo Passos.

Na Capital, o presidente do Sindicato Rural de Campo Grande, Alessandro Coelho, falou do momento para o agro local. “Apesar do aumento da margem da cria e recria de 2018, a pecuária vive um momento delicado e de desafios, cenário que sugere aproximação e continuidade no apoio oferecido ao produtor rural. O Senar/MS dispõe das melhores soluções, gratuitas, que trazem os melhores resultados possíveis, para atender os requisitos, cada vez mais criteriosos, da pecuária em Mato Grosso do Sul”.

Uma das palestras foi ministrada pelo técnico de Campo, Deilton Medeiros. “A bovinocultura de corte foi a primeira cadeia de assistência técnica oferecida pelo Senar/MS. A metodologia aplicada tem duração de até dois anos. Desde 2012, ano em que o programa teve início, ampliamos o número de propriedades atendidas e consequentemente os resultados alcançados”, comenta.

Outros temas como a dieta animal, por Mateus Castilho, da Esalq/USP; alternativas para pastagens, por Luis Queiroz, da Lallemand; silagem e riscos na pecuária de corte”, com Ricardo Burgi, também da Esalq/USP, também foram abordados na programação.

Já em Alcinópolis, na Fazenda Faustino, o encontro reuniu 35 produtores rurais da região. O proprietário apresentou as mudanças ocorridas em sua propriedade desde o início dos trabalhos com o Senar/MS. "Foi necessário um investimento inicial para reforma da pastagem, mas logo veio o resultado e o retorno também. É muito gratificante ver a paisagem modificada. Posso dizer que mudou tudo, do manejo do gado até a compreensão do ciclo da planta no pasto", afirmou o produtor que recebeu as orientações do técnico de campo, Térssio Roger. 

O evento contou com a presença do presidente do Sindicato Rural de Alcinópolis, Daniel Cochito.

Fonte: Senar/MS

Fazer download da imagem




Leia também

Dúvidas ou sugestões? Nos escreva!






contato

Rua: Camapuã, 74 - Novo Sonho Meu II, Costa Rica - MS, 79550-000



NOS ACOMPANHE NAS MIDIAS SOCIAIS