PMA de Aparecida do Taboado e Imasul prendem e autuam em R$ 2 mil infrator pescando com petrechos proibidos

PMA prendeu o homem no início da pescaria

por: Redação - 08/09/2020 12:36

PMA de Aparecida do Taboado e Imasul prendem e autuam em R$ 2 mil infrator pescando com petrechos proibidos Imagem: Divulgação

PMA prendeu o homem no início da pescaria

A PMA (Polícia Militar Ambiental) de Aparecida do Taboado e fiscais do Imasul, que trabalham na operação Big Fish II, realizavam fiscalização fluvial no rio Paranaíba no município de Paranaíba e prenderam no domingo (6), um pescador por pescar com petrechos proibidos de pesca. O infrator estava em um acampamento e havia armado no rio, desde a manhã do dia anterior, 11 redes de pesca, medindo 400 metros e retirava os peixes, alguns usando uma fisga, que também é petrecho proibido para a pesca.

Foram apreendidos: 10 kg de pescado, que também estavam acima da cota permitida, que é de um exemplar nativo e cinco exemplares de piranha, além das redes de pesca. O infrator (49), residente em Paranaíba, recebeu voz de prisão e foi conduzido à delegacia de Polícia Civil daquela cidade, juntamente com o material apreendido, onde ele foi autuado em flagrante por crime ambiental de pesca predatória, com pena prevista de um a três anos detenção. O criminoso também foi autuado administrativamente e multado em R$ 2.000,00. O Pescado será doado para instituições filantrópicas.

A PMA prendeu o homem no início da pescaria, haja vista que esses petrechos têm grande poder de captura e dizimação de cardumes e a rapidez possibilitou que tivesse capturado apenas 10 kg de pescado, que estavam mortos e foram apreendidos, juntamente com as redes de pesca utilizadas na pescaria ilegal. A PMA soltou vários exemplares de peixes que ainda estavam vivos nas redes, no momento da retirada dos petrechos do rio.

Ainda, durante os trabalhos, as equipes de Aparecida do Taboado e fiscais do Imasul ainda retiraram dos rios mais 18 redes de pesca, medindo 600 metros.

Fonte: MS Todo Dia

Fazer download da imagem







Leia também

Dúvidas ou sugestões? Nos escreva!






contato

NOS ACOMPANHE NAS MIDIAS SOCIAIS