Sogra esfaqueada ao tentar defender filha de facadas recebe alta em Chapadão do Sul

Mulher foi morta com 24 facadas e marido é procurado

por: Da Redação - 27/06/2020 08:00

Sogra esfaqueada ao tentar defender filha de facadas recebe alta em Chapadão do Sul Mulher tinha 35 anos. Marido está sendo procurado. Imagem: O Correio News

Mulher foi morta com 24 facadas e marido é procurado

A mulher de 57 anos que foi esfaqueada pelo genro ao tentar defender a filha das facadas já recebeu alta do Hospital Municipal de Chapadão do Sul. A filha dela, Aldennir Soares da Silva, 35 anos, foi morta ao ser atingida por 24 facadas. A Polícia Militar ainda procura pelo suspeito do crime, identificado apenas como Veranilto.

O feminicídio ocorreu no início da noite desta sexta-feira (26) em uma residência localizada no bairro Esplanada IV.

Vizinhos disseram que ouviam gritos e em determinado momento, a mãe de Aldennir tentou acalmar o casal. No entanto, a discussão ficou mais calorosa, quando o suspeito teria agredido a mulher, a jogando contra a parede e dando as facadas. Conforme testemunhas, a mãe entrou para defender a filha e foi esfaqueada.



Fazer download da imagem







Leia também

Dúvidas ou sugestões? Nos escreva!






contato

NOS ACOMPANHE NAS MIDIAS SOCIAIS