Vigilância Epidemiológica alerta população de Chapadão do Sul para continuar com cuidados contra o Covid-19

Cidade possui 100 casos ativos da doença no momento

por: Redação - 22/02/2021 13:45

Vigilância Epidemiológica alerta população de Chapadão do Sul para continuar com cuidados contra o Covid-19 Imagem ilustrativa. (Divulgação)

Cidade possui 100 casos ativos da doença no momento

A Prefeitura de Chapadão do Sul e a Secretaria de Saúde de Chapadão do Sul, através da Vigilância Epidemiológica, alertam a toda a população sul-chapadense sobre o aumento expressivo de casos em nosso Município nos últimos dias.

No mês de dezembro houve um pico alto da doença, que foi baixando no mês de janeiro, onde foi mantido um número relativamente baixo de casos ativos durante todo o mês.

A diminuição da procura de atendimento na Unidade Sentinela e até mesmo nos laboratórios pelo teste de COVID-19. Porém no início de fevereiro esse quadro começou a mudar e os números se elevaram. A cidade possui uma média de 100 casos ativos, quando no mês de janeiro a média era 30 casos ativos diariamente.

Tal fato é reflexo do relaxamento quanto aos cuidados de prevenção a cerca do coronavírus, falta do uso de mascaras no trabalho, comércio, no cotidiano, aglomerações em bares e em residências, não respeitando os distanciamentos sociais e infringindo as leis sanitárias impostas pelo Ministério da Saúde, Governo do Estado e Prefeitura Municipal.

É necessário que toda a população se conscientize de que, apesar do inicio da vacinação, um número muito baixo de pessoas foi imunizado, o que dessa forma não nos garante de forma alguma proteção de rebanho, ou tranquilidade, devemos todos continuar as medidas de segurança, pois possivelmente os mais jovens com imunidade mais favorável possam passar pela doença sem maiores agravos, porem os idosos e pessoas do grupo de risco podem não ter essa mesma sorte.

Vale ressaltar que no mês de dezembro tínhamos 18 óbitos e hoje temos 25 óbitos confirmados no município, 7 vidas foram ceifadas pelo vírus no mês de janeiro.

Use máscara, passe álcool em gel e só saia quando for realmente necessário.

Fonte: Assecom

Fazer download da imagem







Leia também

Dúvidas ou sugestões? Nos escreva!






contato

NOS ACOMPANHE NAS MIDIAS SOCIAIS