Acusado de matar ex e o namorado dela em Costa Rica passará por exame de insanidade mental

Decisão foi publicada no Diário da Justiça

por: Redação - 30/07/2020 11:04

Acusado de matar ex e o namorado dela em Costa Rica passará por exame de insanidade mental

Decisão foi publicada no Diário da Justiça

Jair Soares de Oliveira, 32 anos, acusado de matar a ex-mulher Marilei Ramos, 32 anos, e o atual namorado dela, Gilcione Rodrigues Martins, de 34 anos, em Costa Rica, deverá passar por exame de insanidade mental, conforme decisão da Justiça. O crime ocorreu no dia 28 de maio deste ano no Jardim Afonso, em Costa Rica.

Conforme a decisão judicial, publicada no Diário da Justiça desta quinta-feira (30), um exame médico já feito antes ao crime - em março -, e levados aos autos "aponta diagóstico de transtorno depressivo grave com sintomas psicóticos".

Desta forma, a defesa pediu exame de insanidade, que foi acatado pela Justiça. "A instauração do incidente de insanidade mental, no presente caso, faz-se necessário, considerando a existência de dúvida razoável acerca da higidez mental do acusado", consta na decisão.

O laudo com resultado deverá ser apresentado em 45 dias. 

O caso

Jair invadiu a casa da ex-mulher na madrugada de uma quinta-feira e foi até o quarto onde ela dormia com o namorado e a filha de 3 anos. Ele esfaqueou Marilei e Gilcione até a morte, na frente da criança, e fugiu em seguida. As outras duas crianças que dormiam na casa não presenciaram o crime.

Uma parente de Gilcione teria ido até a casa de manhã e encontrado as vítimas mortas. Jair ficou escondido em fazendas na região e segundo a polícia, teria a intenção de fugir para o Pantanal. Ele furtou 20 litros de combustível de uma das fazendas e a informação foi repassada pela Polícia Civil para a Polícia Militar.

Com isso, Jair foi encontrado na região de Pedro Gomes, onde foi preso. Ele chegou a resistir, se negando a sair do carro onde estava, e alegou depois que queria que os policiais atirassem nele. Ainda durante a prisão ele tentou desarmar um dos militares e disse que atentaria contra a própria vida, mas foi impedido e preso.

Fonte: MS Todo Dia

Fazer download da imagem







Leia também

Dúvidas ou sugestões? Nos escreva!






contato

NOS ACOMPANHE NAS MIDIAS SOCIAIS