Costa Rica começa a implantar o Programa Lixo Zero

Convênio com o governo federal garante R$ 3,9 milhões para projeto

por: Da Redação - 31/07/2020 15:15

Costa Rica começa a implantar o Programa Lixo Zero

Convênio com o governo federal garante R$ 3,9 milhões para projeto

Com objetivo de melhorar a gestão de resíduos sólidos em Costa Rica, a prefeitura assinou convênio com o Ministério do Meio Ambiente no valor de R$ 3,9 milhões, sendo R$ 54 mil de contrapartida financeira do município, para implantar em Costa Rica o Programa Lixo Zero. 

Com a ajuda dos moradores dos 78 bairros da cidade e dos alunos das setes Escolas Municipais, a Capital Estadual do Algodão e dos Esportes de Aventura também pretende ser Costa Rica Lixo Zero até o final de 2020. Isso significa que toneladas de lixo deixarão de ir para o aterro sanitário anualmente, com a ajuda de cada cidadão.

A ideia é implantar um projeto-piloto que deve aumentar a coleta seletiva na cidade, para diminuir a quantidade de resíduos que vão para a vala do Aterro Sanitário.

Com o valor do convênio na conta, o Governo de Costa Rica já adquirir sete novos Conjuntos de Lixeiras para Coleta Seletiva; vai comprar picolés para incentivar as crianças na conscientização em relação à separação dos resíduos recicláveis; comprou maquinários para operação do Aterro Sanitário dos quais já estão no pátio da Secretaria Municipal de Obras Públicas uma pá carregadeira, um trator de esteiras e um rolo compacto, e ainda, quatro caminhões ainda faltam chegar. Parte dos recursos recebidos também serão utilizados para aquisição de combustível que serão utilizados nos caminhões de coleta seletiva e de rejeitos.

A UTR - Usina de Triagem de Resíduos Sólidos e Recicláveis – também vai receber novos equipamentos para a sua operacionalização, entre eles uma máquina que tritura vidro que já está na cidade. Para utilização dos novos maquinários, o Governo Municipal estará fazendo a capacitação dos Agentes de Saúde e dos servidores da Cooperativa em Gestão de Resíduos Sólidos para que estes sejam multiplicadores de informação para toda população. 

Fonte: MS Todo Dia

Fazer download da imagem







Leia também

Dúvidas ou sugestões? Nos escreva!






contato

NOS ACOMPANHE NAS MIDIAS SOCIAIS