Motorista envolvido em acidente que matou mulher em Costa Rica se apresenta à Polícia Civil

O acidente aconteceu na Rua José Pereira da Silva, na madrugada de sábado passado

por: Da Redação - 14/01/2020

Motorista envolvido em acidente que matou mulher em Costa Rica se apresenta à Polícia Civil Veículo do motorista foi apreendido pela Polícia Civil. Foto: Divulgação

O acidente aconteceu na Rua José Pereira da Silva, na madrugada de sábado passado

Acompanhado do advogado, o motorista suspeito de envolvimento no acidente de trânsito que matou Francieli Machado, de 35 anos, apresentou-se à Delegacia de Polícia Civil de Costa Rica nesta segunda-feira (13). O acidente aconteceu na Rua José Pereira da Silva, na madrugada de sábado passado.

Agentes do SIG (Setor de Investigações Gerais) se deslocaram até uma residência localizada na área central da cidade, onde apreenderam o veículo GOL de cor preta. O Delegado responsável pelas investigações, Alexandro Mendes de Araújo, relatou que foram coletadas várias imagens dos sistemas de videomonitoramento de residências, instituições públicas e empresas localizadas nas imediações do acidente.

"Superada a identificação da autoria, esperamos que o material produzido pelos investigadores e os veículos apreendidos sejam suficientes para a Polícia Científica estabelecer a dinâmica do acidente”, disse o delegado. "O excesso de autoconfiança de alguns condutores os leva a acreditar que serão capazes de reagir tempestivamente na hipótese de algum imprevisto de trânsito. Tais motoristas desafiam as leis da física, da gravidade, exageram na velocidade e acabam se envolvendo em acidentes”.

Alexandro lembrou ainda que a falta de respeito quanto às normas de segurança no trânsito também acaba favorecendo o acidente. “O motorista acredita que nunca acontecerá com ele, descumpre as normas de segurança e acabam por dar causa aos acidentes. A combinação de autoconfiança e negligência no trânsito costuma ter desfecho trágico e levar dor e sofrimento a pessoas e famílias". O suspeito vai responder em liberdade pela omissão de socorro, por deixar o o local de acidente e por homicídio culposo, quando não há intenção.

 

Fonte: MS Todo Dia

Fazer download da imagem







Leia também

Dúvidas ou sugestões? Nos escreva!






contato

NOS ACOMPANHE NAS MIDIAS SOCIAIS