Projeto visa economia de mais de R$ 10 milhões nas contas de luz do município de Costa Rica

Unidades escolares devem receber usinas fotovoltaicas

por: MS Todo Dia - 07/08/2020 08:41

Projeto visa economia de mais de R$ 10 milhões nas contas de luz do município de Costa Rica

Unidades escolares devem receber usinas fotovoltaicas

Na tarde desta quinta-feira, 06 de agosto de 2020, o prefeito Waldeli dos Santos Rosa acompanhado de parte da equipe de governo, da vereadora professora Mestre Manuelina Martins da Silva Arantes Cabral, no ato representando o Poder Legislativo de Costa Rica - MS, estiveram reunidos com o empresário Massimo Parisi e o engenheiro civil Antônio Ferreira Borges Junior que entregaram oficialmente as autoridades locais, as usinas fotovoltaicas implantadas em Escolas Municipais, Centro de Educação Infantil e na sede da SEMED – Secretaria Municipal de Educação.

“Estamos construindo hoje um futuro com energia solar, limpa, renovável e sustentável, estamos iluminando os novos caminhos”, afirmou o prefeito ao informar que o Governo de Costa Rica investiu R$ 1.321,736,00 em recursos próprios no projeto que foi elaborado pelo SENAI - Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial - que fez o estudo de viabilidade. "Investir em energia de fontes renováveis é investir em um futuro sustentável e rentável”, enfatizou o Waldeli.

A obra foi executada pela Empresa Parisi & CIA Ltda, que foi a ganhadora da licitação para implantar as células fotovoltaicas nos cinco prédios públicos municipais. “A ideia é dar visibilidade a diversas iniciativas hoje já existentes, como auto geração de energia e eficiência energética, reciclagem, redução e destinação adequada de resíduos, conscientização ambiental, etc”, complementou o prefeito. 

O ato de entrega das células fotovoltaicas que foram instaladas nas Escolas Municipais Francisco Martins Carrijo; Fábio Rodrigues Barbosa e Vale do Amanhecer, e ainda, no CEI – Centro de Educação Infantil – Ilídia Lacerda de Almeida e na garagem da SEMED, foi transmito ao vivo pelo Facebook do município. Clique aqui e confira.  

Conforme a subsecretária de Administração Liliane Campos, os cinco prédios públicos beneficiados nesse projeto, vão produzir energia para atender as demais unidades consumidoras, ou seja, todas as escolas municipais e CEIs da REME. “Ao longo de um ano, as usinas podem gerar uma economia de energia elétrica em torno de 480 mil/ano. E mais, em 25 anos podemos ter uma reserva econômica de R$ 10 milhões”, enfatizou a gestora.

Para o secretário Municipal de Educação, professor Alaércio Guimarães, a acessibilidade desses equipamentos cria uma oportunidade para que os alunos conheçam o sistema solar fotovoltaico e entendam como ele funciona.

"Inclusive, isso faz com que despertem desde cedo o importante sentimento de preservação do meio ambiente por meio da geração de energia utilizando fontes naturais renováveis", afirma o gestor público.

“Sabemos que as energias renováveis fazem sentido para o clima e para a economia. Se quisermos alcançar um futuro seguro e sustentável, precisamos fazer muito mais agora em termos de criação de um ambiente regulatório e de infraestrutura que incentive o investimento em renováveis”, reforçou a vereadora Profª Me. Manuelina Martins.

Como é o funcionamento?
A energia fotovoltaica utiliza a radiação emitida pelo Sol para gerar energia elétrica. Após a instalação das usinas, toneladas de CO2eq (equivalente de dióxido de carbono) devem deixar de ser emitidas para a atmosfera. Cada placa solar tem, em média, vida útil superior a 25 anos.

Também participaram da entrega oficial das usinas fotovoltaicas o secretário de Obras Públicas Renato Barbosa de Melo e o engenheiro Civil Igor Vargas.

Fonte: Assessoria da Prefeitura Municipal de Costa Rica

Fazer download da imagem







Leia também

Dúvidas ou sugestões? Nos escreva!






contato

NOS ACOMPANHE NAS MIDIAS SOCIAIS