Terra de povo dedicado e trabalhador, Chapadão do Sul completa 32 anos como referência em MS

Segundo o prefeito, desenvolvimento é resultado da força dos moradores

por: Da Redação - 23/10/2019 10:17

Terra de povo dedicado e trabalhador, Chapadão do Sul completa 32 anos como referência em MS Prefeito João Carlos Krug e vereadora Alline Tontini, Fotos: MS Todo Dia

Segundo o prefeito, desenvolvimento é resultado da força dos moradores

Chapadão do Sul completa nesta quarta-feira (23) 32 anos de emancipação como uma das referências de desenvolvimento econômico, político e social em Mato Grosso do Sul do Sul. De acordo com o prefeito João Carlos Krug, o momento positivo vivido pelo município é reflexo do povo trabalhador que não mede esforços em busca de crescimento. “O poder público só ajuda, mas que faz a cidade crescer são os próprios moradores”, disse.

Krug afirma que Chapadão do Sul é formada por pessoas que vieram, e continuam vindo, de várias regiões do país. “Elas formam uma consciência coletiva de que aqui é um lugar de trabalho e dedicação. Quem tem feito todo esse desenvolvimento é a própria população. O poder público dá apenas o rumo. Com muito esforço e investimentos certos, conseguimos resgatar o orgulho dos moradores em dizer que são sul-chapadenses”, afirmou o prefeito.

A vereadora Alline Tontini, presidente da Câmara Municipal, destacou a força do povo. “Me orgulho de ser filha desse lindo e amado município. Tenho quase 40 anos e os mesmos foram todos vividos aqui. Não tem como não notar o pujante desenvolvimento e crescimento da nossa cidade, o que nos faz entender que é gente de garra, gente de fibra e gente de força, principalmente gente trabalhadora e determinada, que faz com que nosso município seja um dos mais destacados e promissores. Parabéns Chapadão do Sul, tenho orgulho de ser filha dessa terra", declarou.

 

Outro ponto importante, aliado à pujança dos moradores, é a localização geográfica que deixa o município em vantagem. “Estamos perto de São Paulo, do Porto de Santos, de nossa Capital Campo Grande, perto de Goiás e do Mato Grosso. Ao mesmo tempo, estamos distantes de cidades que poderiam nos dar suporte, o que fez com que tivéssemos que nos desenvolver. O que um dia foi dificuldade [distância de cidades pólo], hoje é nossa vantagem”, disse o chefe do Executivo Municipal.

Graças à posição no mapa, Chapadão do Sul tem logística de primeiro mundo. “Hoje temos a Rumo, que tem investido em linhas férreas e feito muitos embarques em Chapadão, tanto que a previsão para este ano é de transporte de 2 milhões de toneladas de grãos. Outro fator positivo são os embarques de contêineres. Tudo isso é uma grande vantagem, temos boas rodovias, a exemplo da MS-306 que será privatizada com investimentos de R$ 1 bilhão. Em um momento de crise que vive o país, conseguimos continuar em crescimento”, pontuou Krug.

O poder público, salientou Krug, auxiliou na garantia de saúde, educação e segurança, o que permitiu que a população tivesse tranquilidade para realizar seus objetivos. "Nossa ajuda foi neste sentido, de garantir infraestrutura para amparar o crescimento".

Fonte: MS TODO DIA

Fazer download da imagem







Leia também

Dúvidas ou sugestões? Nos escreva!






contato

Rua: Ceará, 258 - Sonho Meu III, Costa Rica - MS, 79550-000



NOS ACOMPANHE NAS MIDIAS SOCIAIS