Para conter coronavírus, Governo pede que população fique em casa após às 21h

Este é o segundo alerta emitido pela Secretaria Estadual de Saúde

por: LUANA RIBEIRO - 28/11/2020 10:50

Para conter coronavírus, Governo pede que população fique em casa após às 21h

Este é o segundo alerta emitido pela Secretaria Estadual de Saúde

A Secretaria de Saúde de Mato Grosso do Sul emitiu pela segunda vez um alerta pedindo que a população fique em casa após às 21 horas. A preocupação vem, principalmente, com a proximidade das festas de fim de ano, a antecipação dos salários e 13º dos funcionários públicos, além das queimas de estoques no comércio, que acabam levando um maior número de pessoas para as ruas.

 No alerta, o titular da pasta, Geraldo Resende, ressalta que a semana epidemiológica que começou no dia 15 de novembro apresentou um aumento expressivo nos casos de covid-19, em Campo grande e isso continuou ao longo dessa semana.

“Houve também um aumento expressivo nos casos de isolamento domiciliar, ou seja, pessoas suspeitas e/ou confirmadas que precisam estar isoladas de outras pessoas, bem como, o dobro do número de internações no Estado de Mato Grosso do Sul. Já estamos com superlotações nos hospitais da Capital.”, diz a nota.

Geraldo lembra também que nessa fase a maioria dos novos casos estão concentrados nas pessoas que tem entre 20 e 39 anos, por terem uma vida social mais ativa, com isso se contaminam e acabam levando o vírus para a casa.

“Portanto, cabe-nos ressaltar a imperiosa necessidade do uso de máscara, medidas de higiene, evitar aglomerações, saídas de casas e contatos desnecessárias e permanecer em casa, no período das 21h às 5h, sem mobilidade urbana.”, continua a nota.

Para os comerciantes, o secretario pede que aumentem as regras de biossegurança e exijam que as pessoas usem máscaras e façam a higienização das mãos com álcool, além de manterem o distanciamento e não permitir as aglomerações em frente as lojas.

Fonte: MS TODO DIA

Fazer download da imagem







Leia também

Dúvidas ou sugestões? Nos escreva!






contato

NOS ACOMPANHE NAS MIDIAS SOCIAIS