PMA de Cassilândia autua homem em R$ 5 mil por degradação de nascentes e matas ciliares de córrego

por: Redação - 20/10/2020 18:00

PMA de Cassilândia autua homem em R$ 5 mil por degradação de nascentes e matas ciliares de córrego Imagem: Divulgação

A PMA (Polícia Militar Ambiental) de Cassilândia autuou nesta terça-feira (20), um homem de 62 anos em R$ 5 mil por degradação de nascentes e matas ciliares de córrego de uma área de um hectare protegida, em Paranaíba. 

De acordo com a PMA, durante fiscalização os policiais perceberam que a área estava degradada pela falta de conservação do solo e era pisoteada por gado, bem como às margens de um córrego estava sendo assoreado e as nascentes prejudicada.

O proprietário da fazenda, residente em Três Lagoas, mantinha em sua fazenda, localizada a 40 km da cidade de Paranaíba, gado em uma área de nascentes e matas ciliares de um córrego que corta a propriedade, sendo que grande parte da vegetação também havia sido suprimida. Percebia-se total desprezo com a conservação do solo no local.

As atividades foram interditadas na área e o proprietário rural foi notificado a retirar o gado e a recuperar a área degradada. Ele foi autuado administrativamente por danificar área considerada de preservação permanente (nascente e matas ciliares) e foi multado em R$ 5 mil. Também responderá por crime ambiental e poderá pegar uma pena de detenção de um a três anos.

Fonte: MS Todo Dia

Fazer download da imagem







Leia também

Dúvidas ou sugestões? Nos escreva!






contato

NOS ACOMPANHE NAS MIDIAS SOCIAIS