Fundesporte busca parceria com o Flamengo para alavancar os esportes olímpicos em MS

por: MS Todo Dia - 07/11/2019 11:20

Fundesporte busca parceria com o Flamengo para alavancar os esportes olímpicos em MS

Dois dirigentes da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte) estiveram recentemente no Rio de Janeiro-RJ, em visita técnica ao Clube de Regatas do Flamengo. O objetivo da viagem foi conhecer a estrutura, os profissionais e o funcionamento do Centro Unificado de Identificação e Desenvolvimento do Atleta de Rendimento (Cuidar) e Parque Olímpico, além de tentar firmar parceria com a agremiação carioca para alavancar o desenvolvimento dos esportes olímpicos e escolares em Mato Grosso do Sul.

A Fundesporte foi representada pelo gerente geral de Desenvolvimento de Atividades Desportivas (Gedel), professor Paulo Ricardo Nuñez e pelo assessor de gabinete da presidência, Othon Rodrigues Barbosa. Ambos foram convidados pelo ex-atleta da seleção brasileira de basquetebol e diretor-executivo de Esportes Olímpicos do Rubro-Negro, Marcelo Vido. Eles percorreram as dependências onde são praticados o voleibol, basquetebol, ginástica artística, judô, nado artístico, natação, polo aquático, remo e canoagem.

Segundo Othon Barbosa, a ideia do Flamengo é instalar núcleos de captação de atletas pelo país em busca de material humano para as categorias de base. “Eles não estão conseguindo alimentar a base apenas no Rio e querem migrar para outros locais que tenham atletas em desenvolvimento, fazer núcleos, desde que seja conforme a ‘metodologia Flamengo’, em todas as modalidades”.

Em Mato Grosso do Sul, portanto, a agremiação do Rio “adotaria” os esportes olímpicos. “Está bem adiantado o plano de termos uma escola de alto rendimento do Flamengo no Estado. O clube basicamente adotaria os nossos esportes olímpicos. Levamos ao Rio o que precisávamos e eles nos apresentaram o que podem fazer para nos ajudar e agora vamos alinhar estas ideias”, pontua Barbosa. “A meta é estruturar o projeto nestes últimos dois meses de 2019, colocar no papel o esboço do convênio de colaboração e, em 2020, já colocar isso em prática”, complementa.

Capacitação

O dirigente da Fundesporte ressalta que, em um primeiro momento, o clube carioca enviará profissionais de todas as modalidades olímpicas para oferecerem treinamento aos técnicos sul-mato-grossenses que integram o Programa Escolar de Formação e Desenvolvimento Esportivo de Mato Grosso do Sul, responsável por promover a prática desportiva em escolas da Rede Estadual de Ensino. “A intenção é fazer com que os profissionais rubro-negros venham, passem alguns dias e percorram algumas cidades do Estado, levando treinamento aos nossos técnicos, para que estes possam repassar os fundamentos aos seus alunos, em cada escola. Queremos ‘casar’ o Programa Escolar de Formação com essa vinda do pessoal do Flamengo”.

O diretor-executivo de Esportes Olímpicos do Fla esteve em Três Lagoas em julho deste ano para acompanhar a Copa dos Campeões, a grande final dos Jogos Escolares da Juventude de Mato Grosso do Sul. Barbosa revela que o convite para conhecer a instituição esportiva na Cidade Maravilhosa foi feito nesta ocasião.

“Convidei-o até para dar início, motivar esta parceria com o Flamengo. Ele veio, gostou muito, ficou impressionado com o que fazemos aqui no Estado. Ele destacou que era um trabalho diferenciado, que muitos Estados não fazem o que realizamos em Mato Grosso do Sul. Foi então que o Vido vislumbrou a possibilidade de ter uma base muito boa em nosso Estado para ele aproveitar no Flamengo”, comenta Barbosa.

No Rio, os representantes da Fundesporte reuniram-se com Luiz Antônio Moreira Júnior, coordenador científico do Cuidar; Gabriela Pussent, analista financeira do Cuidar; Daniela Antunes, treinadora de ginástica artística; Gustavo de Conti (“Gustavinho”), técnico do time profissional de basquete; Edson Figueiredo, supervisor técnico do remo; Floriano Almeida, coordenador técnico do judô; Fernando Pereira (“Nandão”), treinador da natação e Luiz Guilherme Pereira, analista de negócios sênior, responsável pelo setor de captação de recursos.

“Queremos afinar a ideia da captação conjunta de recursos entre Flamengo e Governo do Estado, para serem aplicados no desporto sul-mato-grossense”, finaliza Barbosa.

No Tricolor

Durante o período no Rio de Janeiro, a Fundesporte também teve encontro marcado com dirigentes do Fluminense Football Club. Na visita, as dependências da agremiação poliesportiva foram apresentadas aos representantes sul-mato-grossenses, que também acompanharam treinamento da equipe feminina de voleibol. No Tricolor, Othon Barbosa e Paulo Nuñez foram recepcionados pelo vice-presidente de Esportes Olímpicos do Fluminense, Marcio Trindade.

Fonte: Fundesporte

Fazer download da imagem







Leia também

Dúvidas ou sugestões? Nos escreva!






contato

Rua: Ceará, 258 - Sonho Meu III, Costa Rica - MS, 79550-000



NOS ACOMPANHE NAS MIDIAS SOCIAIS