TJ nega sumariamente absolvição de acusado de homicídio que aguarda julgamento em liberdade

O crime aconteceu em novembro de 2014

por: Jackeline Oliveira - 28/01/2020 17:23

TJ nega sumariamente absolvição de acusado de homicídio que aguarda julgamento em liberdade

O crime aconteceu em novembro de 2014

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, negou sumariamente nessa terça-feira (28) a absolvição de Anderson Aparecido Santana, réu pelo homicídio de Jailson Silva de Assis.

A defesa alega que o réu agiu em legítima defesa e pediu a absolvição de Anderson.

O Desembargador Luiz Claudio Bonassini da Silva, do Tribunal de Justiça de mato Grosso do Sul  negou a absolvição diante de prova inconteste, perceptível de plano e isenta de qualquer dúvida.

Crime

No dia 10 de novembro de 2014 o réu foi ao encontro da vítima no bairro Sonho Meu II e o agrediu com golpe de faca no abdômen e fugiu do local. Anderson não aceitava que Jailson tivesse um relacionamento com sua irmã. Jailson chegou a ser encaminhado para o hospital, porém não resistiu ao ferimento e faleceu.

De acordo com a justiça, não há dúvida quanto a motivação torpe do réu, que matou por não concordar que Jailson tivesse qualquer envolvimento com sua irmã.

Em agosto de 2019 o Juiz Francisco Soliman proferiu a decisão e mandou o caso para julgamento em plenário pelo Tribunal de Juri. O TJ manteve a decisão do Juiz Soliman e remeteu o caso para o Tribunal de Juri.

O réu aguarda o julgamento em liberdade.

Fonte: MS Todo Dia

Fazer download da imagem







Leia também

Dúvidas ou sugestões? Nos escreva!






contato

NOS ACOMPANHE NAS MIDIAS SOCIAIS