Restauração de rodovia que havia esfarelado está entre as obras entregues em Camapuã

por: MS Todo Dia - 15/10/2020 07:28

Restauração de rodovia que havia esfarelado está entre as obras entregues em Camapuã

A restauração da rodovia MS-436 está entre as obras entregues pelo Governo de Mato Grosso do Sul na atual gestão. Ela foi necessária porque o asfalto entregue no fim de 2013 havia “esfarelado”, formando buracos e dificultando o tráfego de caminhões. Para evitar que isso aconteça novamente foi usada uma nova concepção de engenharia, que prima pela qualidade técnica, em especial de infraestrutura.

Importante para o transporte de gado da região, a rodovia liga Camapuã a Figueirão. O trecho restaurado tem 8 quilômetros e o investimento foi de R$ 4,065 milhões. A intervenção na rodovia da pecuária foi concluída em outubro de 2018.

Outras obras importantes feitas pela administração estadual em Camapuã são o recapeamento da Rua Francisco Faustino e adjacentes, a construção da ponte de concreto sobre o Rio Coxim, a ampliação do sistema de abastecimento de água e a pavimentação e drenagem da Vila Olidia Pereira da Rocha e do Jardim São Bento, que está em execução. 

Na área de habitação, o destaque fica por conta das 86 moradias entregues no Loteamento Cristo Redentor II, entregues em dezembro de 2019 pelo programa FGTS Subsidiado. Outras 8 do projeto de Substituição de Moradia Precária estão em execução, assim como 10 do programa Lote Urbanizado, em que o Estado constrói a base da casa e o cidadão dá continuidade na construção. 

As escolas estaduais também receberam investimentos em reforma e melhorias, no valor de R$ 2,117 milhões. E a segurança foi contemplada com a construção do muro da Delegacia de Polícia Civil, cobertura da Polícia Militar e entrega de quatro viaturas: um carro e duas motos para a PM e um carro para a Civil.

O governador Reinaldo Azambuja afirmou que os investimentos são resultado de um trabalho que envolveu medidas duras e até impopulares. “Optamos por fazer um governo responsável, diminuímos o tamanho da máquina pública, reduzindo os gastos com o próprio governo para investir no bem estar da população, fizemos as reformas e enfrentamos crises sem deixar de honrar nossos compromissos. Isso nos permitiu manter os investimentos nas obras prioritárias e lançar o Governo Presente, que até o fim de 2022 vai injetar mais R$ 4,2 bilhões nos municípios”, disse.

 

Fonte: Subcom

Fazer download da imagem







Leia também

Dúvidas ou sugestões? Nos escreva!






contato

NOS ACOMPANHE NAS MIDIAS SOCIAIS