Jovem que morreu após ser atingido por raio em Paraíso das Águas queria ser agrônomo

Jovem estava trabalhando quando foi atingido em fazenda a 70 km de Paraíso das Águas

por: Redação - 04/03/2021 09:15

Jovem que morreu após ser atingido por raio em Paraíso das Águas queria ser agrônomo Foto: Reprodução/ Facebook/ BCN Notícias

Jovem estava trabalhando quando foi atingido em fazenda a 70 km de Paraíso das Águas

Na última quarta-feira (3), Odair Roberto Rocha, de 22 anos, foi atingido por um raio em fazenda do distrito de Bela Alvorada, a 70 km de Paraíso das Águas. O jovem que sonhava em ser agrônomo, era natural de Jutí.

O rapaz foi encontrado passando mal, após levar descarga elétrica de um raio, por um colega de trabalho. De acordo com o BNC Notícias, a última foto postada no Facebook de Odair era relacionada ao curso de agronomia. 

Nas redes sociais, o jovem declarava amor pela área. Além disso, postava sobre a família e o hobby favorito: a pesca.

O caso

Segundo o BNC Notícias, uma testemunha de 36 anos, informou que ambos haviam chegado na propriedade rural em 2 de março. Assim, os homens trabalhariam na área de agronomia da fazenda, analisando o solo. As informações constam no Boletim de Ocorrência. 

Então, a testemunha relatou que a vítima foi encontrada caída na plantação e passando mal. O colega e o jovem estavam trabalhando e no momento em que Odair foi encontrado estava chovendo. 

Diante da situação, a testemunha disse que tentou reanimar o colega com massagem cardíaca. Entretanto, Odair precisou ser encaminhado, em um quadriciclo, até a sede da fazenda. Assim, foi levado para o Pronto Atendimento Médico (PAM) de Paraíso das Águas. Porém, o rapaz já estava sem vida quando chegou ao local.

Ainda segundo o boletim, a testemunha afirma que também recebeu uma descarga elétrica enquanto socorria a vítima. Teria acontecido enquanto o colega de trabalho abria a cerca para passar com Odair. 

A Polícia Civil esteve no PAM onde ouviu a testemunha e lavrou a ocorrência. Por fim, o corpo de Odair será encaminhado ao Instituto Médico Odontológico Legal (IMOL) de Paranaíba, distante 280 km de Paraíso das Águas. No local, o corpo passará por exame necroscópico, para indicar o motivo da morte. Após os procedimentos, o corpo será liberado para o velório.

 
Fonte: MS Todo Dia

Fazer download da imagem







Leia também

Dúvidas ou sugestões? Nos escreva!






contato

NOS ACOMPANHE NAS MIDIAS SOCIAIS