Com apoio da Prefeitura, empresários de Costa Rica são atendidos com ações do Sebrae na sua Empresa

De março a dezembro do último ano, agentes da instituição visitaram quase 14 mil pequenos negócios

por: MS Todo Dia - 13/01/2022 17:15

Com apoio da Prefeitura, empresários de Costa Rica são atendidos com ações do Sebrae na sua Empresa

De março a dezembro do último ano, agentes da instituição visitaram quase 14 mil pequenos negócios

Para entender as dificuldades enfrentadas pelos empresários e ajudá-los a melhorar o empreendimento, o primeiro passo do programa Cidade Empreendedora em Costa Rica e nos outros 21 municípios que aderiram à iniciativa no ciclo 2021-2022 foi a ação Sebrae na sua Empresa. De março a dezembro do último ano, agentes da instituição visitaram quase 14 mil pequenos negócios distintos e realizaram, no total, aproximadamente, 25 mil atendimentos aos empreendedores.

Conforme o prefeito em exercício, Roni Cota, por meio do atendimento in loco com apoio da SEMAD (Secretaria Municipal de Agricultura e Desenvolvimento) é possível identificar o principal desafio de cada empreendedor e ajudá-lo de forma personalizada, o que tem gerado resultados importantes para a transformação dos pequenos negócios.

De acordo com o diretor-superintendente do Sebrae/MS, Claudio Mendonça, o número alcançado traduz o comprometimento da instituição em apoiar os empreendedores e promover o sucesso dos pequenos negócios. “É nosso papel enquanto Sebrae, apoiar o desenvolvimento a partir da inclusão do pequeno negócio. Para isso, precisamos estar lá na ponta, então, colocamos os nossos agentes na rua para ouvir as necessidades de cada empresário e levar orientações. Em 2021, ficamos mais uma vez ao lado desse empreendedor, contribuindo para o marketing digital, planejamento e gestão financeira do negócio. Neste ano, o Sebrae permanece com esse trabalho e vai continuar indo aonde o empreendedor está para fortalecer os pequenos negócios, fazer com que eles cresçam e consigam continuar gerando emprego em nosso estado”, ressaltou Mendonça.

De acordo com Viviane Matos dos Santos, analista técnica do Sebrae/MS, responsável pelo atendimento em todo o Estado, além de trazer soluções a curto prazo, a abordagem porta a porta também possibilitou que o empresário enxergasse a importância do conhecimento para alavancar o negócio. “Mais do que participar das capacitações gratuitas com temas como gestão financeira, marketing digital, mercado e vendas, planejamento, gestão de pessoas e direito trabalhista, percebemos que, em média, 30% dos empresários atendidos buscaram outros serviços. Eles não ficaram só no primeiro nível de atendimento, mas prosseguiram com a melhoria o que é o nosso principal objetivo”, enfatizou Viviane.

Além de Costa Rica, o trabalho foi realizado em Amambai, Bandeirantes, Camapuã, Chapadão do Sul, Corumbá, Dourados, Inocência, Jaraguari, Jardim, Maracaju, Nova Alvorada do Sul, Nova Andradina, Novo Horizonte do Sul, Paraíso das Águas, Porto Murtinho, Ribas do Rio Pardo, Rio Brilhante, Rio Verde de Mato Grosso, Selvíria, Sonora e Terenos.

Mapeamento das micro e pequenas empresas

Mais do que levar orientação aos empresários, nos municípios que integram o programa Cidade Empreendedora, a visita dos agentes também teve a função de mapear a necessidade dos pequenos negócios. O levantamento traçou um “raio x” de cada região e as informações embasaram a criação de novas ações voltadas para atender esse público e dar suporte a ele, principalmente, no contexto de retomada econômica.

“Foram adotadas novas soluções para as demandas identificadas pelos agentes como a Ação das Carretas. Percebemos que uma das principais reclamações era a falta de mão de obra qualificada, por isso, em parceria com o Senai, o Sebrae disponibilizou unidades móveis que percorreram os 22 municípios e ofereceram capacitações gratuitas em áreas diferentes para a população. Nesse sentido, o trabalho foi feito com eficácia e disponibilizou para os empresários o que eles realmente precisavam de modo a transformar, de fato, a realidade dos pequenos negócios”, finalizou a analista técnica do Sebrae/MS.

Fonte: Assessoria

Fazer download da imagem







Leia também

Dúvidas ou sugestões? Nos escreva!






contato

NOS ACOMPANHE NAS MIDIAS SOCIAIS