CBF garante apoio financeiro e Costa Rica pode levar R$ 150 mil se for classificado

O campeão e o vice-campeão da Série D ainda ganham R$ 500 mil e R$ 300 mil, respectivamente.

por: MS Todo Dia - 06/07/2022 08:00

CBF garante apoio financeiro e Costa Rica pode levar R$ 150 mil se for classificado

O campeão e o vice-campeão da Série D ainda ganham R$ 500 mil e R$ 300 mil, respectivamente.

A Casa do Futebol Brasileiro viveu mais um dia de transformações. Nesta terça-feira (5), a CBF recebeu representantes dos clubes que disputam a Série D do Campeonato Brasileiro, em um encontro inédito e importante para o desenvolvimento da competição. Um aporte financeiro aos clubes da Série D foi anunciado. O Costa Rica, representante do MS, caso se confirme a classificação para próxima fase vai receber no cofre a importância de R$ 150 mil.  

Essa é a primeira vez que todos os clubes e federações são convidados para um mesmo encontro com o Presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues. Idealizador do encontro, o dirigente conduziu a cerimônia no auditório da sede da entidade. Além dele, também representaram a entidade os vice-presidentes Antônio Aquino, Fernando Sarney, Hélio Cury e Reinaldo Carneiro Bastos.

“Esse é um momento muito importante para o futebol brasileiro. Recebemos 64 clubes para dialogar e promover uma construção coletiva para a sequência da Série D. Buscamos um futebol mais participativo, de críticas construtivas, de soluções para o crescimento. A Série D é uma competição muito democrática e entendo muito bem as dificuldades enfrentadas pelos clubes. Por isso nos reunimos para se antecipar a essas questões e buscar melhorias”, pontuou Ednaldo Rodrigues em seu discurso na abertura do encontro. 

Confira o discurso do Presidente Ednaldo Rodrigues durante a reunião da Série D

Na pauta da reunião, estiveram debates sobre o atual andamento da Série D do Campeonato Brasileiro, a infraestrutura de seus estádios e outros detalhes operacionais sobre a realização da competição. O Presidente Ednaldo Rodrigues anunciou, durante o encontro, um aporte financeiro de R$ 9,4 milhões ao todo, a ser distribuído entre os clubes.

A divisão deste novo aporte financeiro se dará assim: os times eliminados na primeira fase ficam com R$ 120 mil. Quem se classificar para o mata-mata garante R$ 150 mil. Além desses valores, o campeão e o vice-campeão da Série D ainda ganham R$ 500 mil e R$ 300 mil, respectivamente.

A reunião contou com a participação dos clubes e federações envolvidas na Série D, que se aproxima das rodadas finais de sua primeira fase. A partir da definição dos classificados, o torneio entra em sua etapa eliminatória, com os primeiros duelos de mata-mata, quando entrará em cena uma das novidades anunciadas na reunião. Das quartas de final em diante, a Série D contará com a ferramenta do árbitro assistente de vídeo (VAR).

O Presidente da CBF recebeu uma placa de homenagem dos clubes da Série D. A placa foi entregue das mãos de Antônio Luiz Neto, Presidente do Santa Cruz e representante dos clubes da Série D na Comissão Nacional de Clubes. O presidente da FFMS, Francisco Cezário, está no Rio participando do evento. 

Fonte: EsporteMS

Fazer download da imagem







Leia também

Dúvidas ou sugestões? Nos escreva!






contato

NOS ACOMPANHE NAS MIDIAS SOCIAIS