Alerta: Golpe do cartão bloqueado faz idoso perder R$ 120 mil em MS e crime já foi cometido em Costa Rica

Caso recente é de Campo Grande; relembre o caso de Costa Rica

por: Redação - 15/09/2021 11:30

Alerta: Golpe do cartão bloqueado faz idoso perder R$ 120 mil em MS e crime já foi cometido em Costa Rica Foto: Reprodução.

Caso recente é de Campo Grande; relembre o caso de Costa Rica

Nesta terça-feira (14), um homem de 67 anos caiu em golpe e perdeu R$ 120 mil em Campo Grande. A prática do crime é cada vez mais frequente e já causou danos para famílias em Costa Rica. 

De acordo com o Midiamax, o homem procurou a delegacia de polícia de Campo Grande, na noite desta terça-feira (14) após cair em um golpe e perder R$ 120 mil. O caso foi registrado como estelionato e fraude eletrônica.

Aos policias, o idoso contou que recebeu uma ligação de uma pessoa se passava por seu gerente, falando que precisava desbloquear seu cartão bancário, que havia sido bloqueado por uso indevido. Acreditando ser o gerente, passou todos os dados.

Segundo o jornal, no mesmo dia, quando foi tirar um extrato para conferir o recebimento de valores, percebeu que duas transferências nos valores de R$ 90 mil e outra de R$ 30.500 foram feitas de sua conta. Ele procurou o banco, relatando o ocorrido e afirmando não ser ele quem fez as transferências. O caso é investigado.

Alerta

As instituições financeiras, públicas ou privadas, não solicitam dados por telefone, nem mesmo buscam cartões e senhas nas residências. Nunca passe dados pessoais ou entregue cartões bancários para desconhecidos. Caso tenha caído em algum golpe, procure a delegacia para o registro da ocorrência.

Relembre o caso em Costa Rica

Na última quinta-feira (15), uma família se deu conta de que havia caído em um golpe de estelionato. Com WhatsApp clonado de um familiar, outra pessoa da família acabou perdendo R$ 998,99 no golpe em Costa Rica. 

O caso aconteceu pois o número de WhatsApp foi clonado, que era da empresa Iaco Agrícola. Assim, o supervisor da jovem que fazia uso do número perguntou se ela estava falando com a esposa dele. 

A comunicante disse que não estava, e ele percebeu que o golpe havia sido realizado. Pois apareceu código de confirmação no WhatsApp, como se o aplicativo fosse ser instalado novamente. 

Porém, uma prima da esposa do supervisor da comunicante já havia feito o pix naquele valor, quase R$ 1 mil. O caso foi registrado como estelionato e os autores serão apurados.

Fonte: MS Todo Dia

Fazer download da imagem







Leia também

Dúvidas ou sugestões? Nos escreva!






contato

NOS ACOMPANHE NAS MIDIAS SOCIAIS