Após erosões, PMA de Costa Rica multa fazendeiro de Figueirão em R$ 17 mil

O dono foi notificado a recuperar as áreas degradadas através de um Projeto de Recuperação de Área Degradada

por: Da Redação - 22/11/2021 14:36

Após erosões, PMA de Costa Rica multa fazendeiro de Figueirão em R$ 17 mil

O dono foi notificado a recuperar as áreas degradadas através de um Projeto de Recuperação de Área Degradada

A PMA (Polícia Militar Ambiental) de Costa Rica  multou o proprietário de uma fazenda em Figueirão, de 61 anos, em R$ 17 mil, devido a má conservação do solo. Foi constatado voçorocas (erosão) ativas carregando sedimentos em área de pastagens, em virtude da falta de técnicas conservacionistas no solo.

O dono foi notificado a recuperar as áreas degradadas através de um Projeto de Recuperação de Área Degradada (PRADE), no prazo de 30 dias.

Essa prática quando abrange, a Área de Preservação Permanente - APP dos cursos hídricos é crime ambiental, todavia, não é o caso da fazenda, portanto, ele vai responder somente o processo administrativo no órgão ambiental (Imasul).

 

Fonte: MS Todo Dia

Fazer download da imagem







Leia também

Dúvidas ou sugestões? Nos escreva!






contato

NOS ACOMPANHE NAS MIDIAS SOCIAIS